sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Veste o teu coração...

 
 
... Não deixes que mágoas e dissabores o gelem.
Sente o seu ritmo a bater,
A abrir as vávulas da emoção.
Acolhe-o em ti, no teu ser, nas tuas vivências.
Naquilo que fazes e naquilo que pensas.
Ele é o órgão do sentimento,
Entre a dúvida se tento ou não tento,
E quando a razão à razão não basta,
Ele te falará de forma pura, casta.
 


5 comentários:

Lucinalva disse...

Olá Sara

Gostei do seu blog e da reflexão. Desejo uma bela tarde. Um forte abraço.

Rafeiro Perfumado disse...

Mas se ele andar todo nu é mais natural! Além de que imaginar o meu coração de sobretudo é estranho...

Hugo Nofx disse...

É acolhedora a imagem e inspirador o poema.

beijo!

Fa menor disse...

Sim é preciso vesti-lo, não de sobretudo... :) mas, sobretudo, de bons sentimentos.

bjinhs

Evanir disse...

É difícil compreender o rumo da vida em alguns momentos.
Mas de uma coisa não se pode esquecer:Nada é a toa.
Às vezes,
o melhor parece ser o pior, e o certo aparenta ser errado, mas tudo faz parte,
tudo contribui ao crescimento e tem um porquê.
Viver vai muito além de explicações e ultrapassa todo e qualquer entendimento.
O IMPORTANTE É SER FELIZ! SEMPRE.
Deus esteja sempre presente em sua vida.
Um feliz e abençoado final de semana.
Beijos no coração carinhos na alma,Evanir..
Em tempo::Agradeço o carinho
das palavras deixadas com tanto amor
na minha viagem.
Agradeço de coração ,
e saiba você é uma parte da minha vida.