sexta-feira, 10 de junho de 2011

Conquistas...

... Que se fazem ao longo das batalhas,
Somando as derrotas de cabeça erguida, percebendo as falhas,
Acumulando as vitórias que se vão conseguindo.
De arma em punho, perante o inimigo derrotado,
Ou por ventura vingado e saciado,
Cai uma pinga de suor.
Porque a conquista constrói-se com esforço,
E afastado esse inicial temor,
Do árduo se retira a recompensa.
Há quem ache o contrário,
Num mundo falacioso de facilidades,
Mas desses, quiçá, abençoado o berçário,
Pois não confrontam essas realidades.
Vitorioso aquele que avança por si,
Terrenos ingrumes, plenos de pedregulhos,
Pois será dele de quem se terá
O maior dos orgulhos.

2 comentários:

Ale Quejinho disse...

Tenho passado aqui sempre, mas não dá tempo de deixar recado...mas hoje consegui. Parabens pelo blog que está sempre lindo!
Ale

TITA disse...

Minuto a minuto nos vençemos...São vitórias sempre sem tamanho.Beijinhos.